TETINE

Friday, 14 August 2020

THE ETHER - Prelude No. 1 by Tetine & Yoko Afi - a film-performance conceived for the Pink Umbrellas Art Residency / Aug 2020



TETINE & YOKO AFI

THE ETHER – Prelude No.1 THE ETHER is a reflective sonic-aphasic (dis)rhythmic meditation in the form of a prelude (for cello, dance, waste, air, wind, body and breathing). The piece comprises of 7 distinct yet complementary slow movements that explore the atmospherics and metaphysics of untamed syntaxes of time, space, voice, rhythm and breathing. The prelude speaks of stillness, becomings, luminosities, value, respiration, and body fluids, as it investigates the ghostly presences/absences manifested in the landscape through sound, dance, gesture and silence - whilst responding to the secret ontologies of inanimate objects, architectures, the politics of dreams as well as, the echoes and ethics of the modes of operating things. Conceived as an ode to the poetics of slowness, suspension, divinity, unfitness and wait, The Ether echoes the uncapturable, and echoes Tetine's recurrent and unconditional love for Beckett’s philosophical theatrics of existence, un-communicability and non-performance.

Bruno Verner, August 2020 The Ether – Prelude No. 1 (in 7 movements) 1. Prologue 2. Aphasia, waste and pine 3. The Air is The Same 4. Disritimia (Un) clock 5. My boots don’t fit, my feet hurt 6. San Sebastian Doll 7. They Call Us for An Encore Original music: Yoko Afi and Tetine Cello, trumpet, voice: Yoko Afi Piano, voice, dance: Bruno Verner Electronics, sampling, editing and fx: Eliete Mejorado TETINE are ELIETE MEJORADO and BRUNO VERNER. BRUNO VERNER is a Brazilian, London-based composer, artist and poet. With ELIETE MEJORADO, he formed TETINE - a hybrid tropical-mutant-punk-funk organism born in São Paulo in 1995. Since then both artists have created a multitude of performance, sound and art-related works from the spoken word to electronica, including ritualistic performances, installations, radio, film & video and independent curatorial projects. http://www.tetine.net/ YOKO AFI is a young cellist and composer based in London. She has recently been awarded the Joan Scrutton’s Awards for Young Musicians in the UK to study at the prestigious Guildhall Junior School of Music and Drama. Yoko has written and performed the original music for The Ether - Prelude No.1. INTERNATIONAL ONLINE ARTISTIC OCCUPATION Artistic occupation that will show every Monday, at 5 pm GTM-3, the experience of artists from different areas and different places, which they gather to create from a distance and immerse themselves in an experience of language displaced from each artist's "common place", in addition to thinking the Internet itself as a creative and amplified possibility.


[PT] O ÉTER - Preludio No.1 O ÉTER é uma meditação sônica-afásica reflexiva (des) rítmica na forma de um prelúdio (para violoncelo, dança, resíduos, ar, vento, corpo e respiração). A peça é composta por 7 movimentos lentos, distintos, mas complementares, que exploram a atmosfera e a metafísica de sintaxes indomadas de tempo, espaço, voz, ritmo e respiração. O prelúdio fala de quietude, devires, luminosidades, valor, respiração e fluídos corporais, pois investiga as presenças / ausências fantasmagóricas que se manifestam na paisagem através da som, dança, gesto e silêncio - enquanto responde às ontologias secretas de objetos inanimados, arquiteturas, a política dos sonhos, bem como os ecos e a ética dos modus operandis das coisas. Concebido como uma ode à poética da lentidão, suspensão, divindade, incapacidade e espera, O Éter ecoa o incapturável e ecoa o amor recorrente e incondicional de Tetine pelo teatro filosófico existencial de Beckett, incomunicabilidade e não performance. TETINE é ELIETE MEJORADO e BRUNO VERNER. BRUNO VERNER é um compositor, artista e poeta brasileiro radicado em Londres. Com ELIETE MEJORADO, formou o TETINE - um organismo híbrido tropical-mutante-punk-funk nascido em São Paulo em 1995. Desde então, os dois artistas criaram uma infinidade de trabalhos performáticos, sonoros e artísticos, da palavra falada à eletrônica, incluindo performances ritualísticas, instalações, rádio, filme e vídeo e projetos curatoriais independentes. YOKO AFI é uma jovem violoncelista e compositora radicada em Londres. Recentemente, ela recebeu o Prêmio Joan Scrutton para Jovens Músicos no Reino Unido para estudar na prestigiosa Guildhall Junior School of Music and Drama. Yoko escreveu e executou a música original para O Éter - Prelúdio No.1.












Watch it here:

Labels: , , , , , , , , , , , , ,

Tuesday, 11 August 2020

UMA MULHER NÃO PODE VACILAR - COMUNICADO

  

COMUNICADO

 

UMA MULHER NÃO PODE VACILAR

 

Violados somos nós, todos os dias tendo que lidar, por todo e qualquer lado que você esteja com o moralismo corporativista do capitalismo global-mundial que suporta toda e qualquer violência (e portanto toda plataforma existencial), mas viola SEMPRE a MULHER! Aonde os meus peitos e meu corpo te violam??  Você é permitido ver todos os tipos de violência possíveis todos os dias, hora, minuto e segundo (incluindo as de sempre com mulheres) - mas com um peito e um parto não se brinca.  Ser ‘artista’ hoje, em condições mais que precárias, e em meio a esse moralismo estúpido que impera em toda e qualquer espaço-tempo virtual, existencial – não é para iniciantes.  

 

Veja bem, nosso filme “The Ether – Preludio No. 1” foi retirado do canal do Pink Umbrellas Art Residency no Youtube por VIOLAR Youtube’s terms & services. O filme participa de um projeto coletivo de residência (e resistência) artística. Um projeto bonito, necessário, sem amarras com grandes instituições, museus e etc... orquestrado e nutrido carinhosa e independentemente por Mirella Brandi & Mueptemo. 

 

Todos os vídeos produzidos pelos artistas convidados são armazenados no canal de Youtube do Pink Umbrellas, e toda segunda-feira acontece a estréia de um trabalho inédito, envolvendo a colaboração de dois artistas. Pois então, ontem foi o dia da estréia do nosso filme ‘The Ether’- Prelude No.1 (um momento esperado como uma performance com hora marcada, um público que acompanha e etc). O filme é uma meditação reflexiva sônico-afásica (des) rítmica de 22 minutos e meio na forma de um prelúdio para violoncelo, dança, ar, vento, corpo e respiração em 7 movimentos lentos, distintos e complementares. Enquanto o filme estava sendo exibido  pela primeira vez em real time, ao chegar nos 12 minutos, ele foi interrompido bruscamente pelo Youtube. A primeira coisa que pensamos foi que nossa conexão não estava rolando e depois que não tínhamos enviado o arquivo certo. Ou era um problema técnico na plataforma ... Literalmente cortaram assim no meio da exibição, sendo que os dois últimos movimentos (6, 7) não tinham sido exibidos ainda. Enfim, na hora os curadores do Pink Umbrellas também não entenderam, e então todos chegamos a conclusão de que tinha sido um problema técnico na plataforma. Algumas horas depois, o 'problema' foi resolvido, e o Pink Umbrellas subiu o filme de novo, e reprogramou uma nova estréia para hoje a tarde dia 11 de Agosto as 5 horas, horário do Brasil. 

 

Hoje de manhã, eis que vamos anunciar o novo link – e então nos deparamos com o fatídico (YOUR VIDEO HAS BEEN REMOVED FOR VIOLATING YOUTUBE’S TERMS).

 

Como diria a canção: “Uma mulher não pode vacilar”.  Mais uma vez fomos censurados pelo mesmo problema, tal qual na época em que fizemos "Todas As Mulheres do Mundo" com o também independente e resistente Museu Do Louvre Pau Brazyl no centro de São Paulo. O PROBLEMA SE CHAMA MULHER. E UMA MULHER NÃO PODE VACILAR, NUNCA.

 

O filme será exibido hoje as 5 horas do Brasil novamente, porem para maiores de 18 anos. Caso isso não aconteça, disponibilizaremos o filme completo pelo VIMEO – e não junto com todos os outros artistas e trabalhos criados especialmente para o Pink Umbrellas Art Residency.  Quem tiver interesse é só assistir no nosso ‘canal’ – o filme estará disponível durante toda essa semana sem cortes.

 

TETINE (Bruno Verner, Eliete Mejorado e Yoko Afi)


London, 11 de Agosto de 2020.








Labels: , , , , , , ,

Tuesday, 7 July 2020

July 7th - no estômago (É preciso livrar o corpo do ódio)

Se existe uma coisa que eu não suporto e me faz cuspir fogo pelas ventas é mesquinhez direcionada à alguém que respeito, admiro e amo. Ainda mais quando DOU / DAMOS nosso tempo, amor e poétics. 
Já vi todos de tipos de mesquinhez em mais de 35 anos ’trabalhando’ e navegando como ‘artista’ IN-DE-PEN-DEN-TE nesse antro-branco-neoliberal de 'pessoas boas’, 'gente justa’  e ‘honesta'. Se abrir a bem a boca um dia aparece um livro com mais de 500 paginas, casos, retalhos, gente que foi, gente que vem, gente que aparece de novo, gente que morre, gente que ressuscita … 

Essa velha e surrada gramática da displicência disfarçada de um coletivismo frouxo (na verdade o ápice de um projeto mesquinho e pouco poético de individualismo). Em outras palavras aquela inveja sebosa altamente nociva que nada mais é do que PURA FALTA de GENEROSIDADE com o outro. Gente que não tem nada a oferecer.
NUNCA COLOU COMIGO. NAO COLA e nem vai colar. 
MESQUINHEZ não, barão! Sai de mim.
Evoé!

PS: se vc achou que ninguém viu, todo mundo viu, inclusive o morto.

Labels:

Microfonia (Bruno Verner & Marcelo Dolabela)

July 3rd, Side B of Sarau Dadalobela - Tetine plays a re-version of Microfonia (Bruno Verner & Marcelo Dolabela) written in between 1988-89 while part of the post punk group Divergência Socialista. 


Labels: , , , , , , , , ,

Sunday, 5 July 2020


Premiere of the documentary Eletronica:Mentes online as part of In Edit Brasil. 
Today July 5 at 21:00 (CET).
Worldwide, online, one night only
https://www.facebook.com/events/2477935619095595/
You can watch it with English subtitles here:
http://br.in-edit.org/



Labels: , , ,

Sunday, 28 June 2020

Three Bullets



"Three Bullets", more blind short stories, novos velhos falsos-brilhantes & outros crimes - from the piece "53 Diamonds" for voice and electronics. (Wet Dance, 2016). Deep listening, stamp-free.
File under letters.





Labels: , , , , , , , , , , ,

Thursday, 25 June 2020

SARAU POÉTICO-MUSICAL DADALOBELA em homanagem à Marcelo Dolabela (1957-2020)

This coming Friday, an homage to poet/musician Marcelo Dolabela (1957-2020), friend and collaborator on the Brazilian post-punk group Divergência Socialista in the 1980s. More than 30 poets/musicians will be performing, reading and talking about his legacy. Side A: (26/02) at 8 pm (Brazil) and midnight from the UK. Live from this link below. https://www.youtube.com/watch?v=51R2PSCHVkk

Labels: , , , , , , , , , , ,